Caros condôminos!

Caros condôminos, elaboramos este espaço para mantê-los informados de nossas atividades, trazendo aos Senhores (a) a transparência necessária em nossas rotinas diárias. Informamos que o site é exclusivamente para informações e não tem qualquer vinculo com grupos de redes sociais.

domingo, 15 de março de 2015

FALTA DE PRESSÃO NOS ANDARES SUPERIORES E FALTA DA ÁGUA (ESCLARECIMENTOS)

Prezados moradores,

Estamos acompanhando o desconforto da falta de água de vários moradores que residem nos andares mais altos, e tomamos todas as providências necessárias seguindo o protocolo natural. Contactamos a Empresa Responsável pela manutenção e reparos das Bombas (Rei das Bombas) que fez até o presente momento todos os procedimentos necessários afim de detectar e sanar o problema de falta de pressão e água, principalmente nos horários e dias em que o condomínio está com mais gente em casa, a Empresa enviou o seu engenheiro hidráulico para uma inspeção no sistema mais aguçada e a partir desta informação tomarmos uma providência.
Acontece que pelo diagnóstico dado pela Empresa (Rei das Bombas) as 04 bombas responsáveis pela pressurização e fornecimento de água não estão atendendo todos os apartamentos principalmente quando todos os moradores estão em casa, e por isso, sugeriu que temos que instalar mais uma bomba de água. 
Embora acreditarmos não ser um procedimento complicado para a Empresa, salientamos a importância de ouvir o que a construtora (Cyrela) tem a dizer. Portanto, entramos em contato com o "Sr Rafael - DTAS – Departamento Técnico de Assistência e Serviços" e pedimos que nos enviasse o mais rápido possível o "projeto original das bombas".

A princípio parece algo fácil de resolver, no entanto, o que estamos levando em consideração é o fato de:
  • As Bombas e toda a sua estrutura ainda estarem na garantia;
  • Se realmente precisa-se de mais uma bomba, porque a construtora só colocou 04;
  • Se vamos instalar mais uma bomba, quem deve pagar pela instalação;
  • Os canos e as tubulações suportam mais uma bomba;
  • O Rei das Bombas diagnosticou mais uma bomba, qual a posição da construtora;
A construtora através de seu representante Sr Rafael, se comprometeu em enviar o projeto na segunda feira - amanhã. 

Falamos com vários moradores de porta em porta e explicamos a situação e pedimos desculpas aqueles que até o presente momento não tivemos a oportunidade de explicar o que vem ocorrendo mas, neste período tínhamos a esperança que fosse um defeito de desgaste, reparo e manutenção como o de costume.

Já temos até o presente momento o exemplo dos disjuntores que não suportam muitos aparelhos de ar condicionados ligados ao mesmo tempo sendo necessário um estudo feito por técnico para pedir um aumento de carga.

Infelizmente, trata-se de mais um problema que mais cedo ou mais tarde iria acontecer, assim como outros, haja vista, os "vícios ocultos" já detectados no empreendimento por todos os moradores. 

Venho também lembrar a TODOS que a garantia da Cyrela acaba este ano.

Sendo assim, a solução até o momento é a instalação de mais uma bomba para compensar a falta de pressão da água nos andares superiores, porém, não é barato tendo em vista o material, mão de obra e mais um quadro de monitoramento e energia.
A certeza de que mais uma bomba não prejudicaria a tubulação e os canos de água e a nossa pressa em uma manifestação da construtora.

Desde já, nossas desculpas mas, neste problema dependemos da ação de terceiros para tomarmos uma decisão e não prejudicar a estrutura do edifício.

André
Sindico

2 comentários:

  1. Não só nos andares altos. Moro no primeiro andar do bloco 6 e hoje, às 5:30 da manhã, não tinha nenhuma gota em nenhuma torneira.
    Por favor averiguar e considerar esse fato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr Mauricio,

      justamente isso, o problema está alcançando também os andares de baixo, 5:30 Horas é considerado horário de pico pois todos estão, tomando banho, escovando os dentes ou fazendo as suas necessidades para irem trabalhar.
      Mas o que precisamos é de uma posição da construtora para tomar uma decisão que não prejudique as tubulações e canos de água.

      Excluir