Caros condôminos!

Caros condôminos, elaboramos este espaço para mantê-los informados de nossas atividades, trazendo aos Senhores (a) a transparência necessária em nossas rotinas diárias. Informamos que o site é exclusivamente para informações e não tem qualquer vinculo com grupos de redes sociais.

sábado, 24 de outubro de 2015

ABSURDO! - ESCADAS DOS BLOCOS 01 (BEIJA FLOR) E 06 (SABIÁ)

Prezados moradores,

Primeiramente queremos salientar o que preceitua nosso Regimento Interno;

TAMBÉM É PROIBIDO;
k) Despejar entulhos, restos de obras ou qualquer outro objeto proveniente de descarte, nas áreas comuns e garagens do edifício. O infrator estará sujeito à multa prevista no item 0.2.15 abaixo;
3.4.4. Proibido lançar quaisquer materiais, objetos, resíduos, pontas de cigarro, restos ou detritos nas partes comuns, áreas ou pátios internos do prédio, ou sobre a via pública adjacentes ao Condomínio, ficando responsáveis pelas consequências dessa infração os que assim procederem;
2.8. A responsabilidade de remoção de entulho, a contratação de caçambas, ensacamento é responsabilidade do condômino, não existindo no prédio área disponível para tal guarda, não sendo permitida também sua colocação nas garagens externas ou Internas. É vedada a colocação de sacos de entulho na área externa do prédio, a menos que estes sejam removidos no mesmo dia de sua colocação.
Nos foi enviado por um morador as seguintes imagens;
Clique para Ampliar.
 
 
 
 
 
Onde o morador manifesta a sua indignação da seguinte forma: "Olha o que os moradores estão fazendo".
No mesmo âmbito, devemos destacar o que preceitua o Código Civil e a ABNT - NBR 9077 MAIO 1993: "usar das partes comuns conforme a sua destinação" (Art. 1.335 do código civil).

3.48 Saída de emergência, rota de saída ou saída Caminho contínuo, devidamente protegido, proporcionado por portas, corredores, halls, passagens externas, balcões, vestíbulos, escadas, rampas ou outros dispositivos de saída ou combinações destes, a ser percorrido pelo usuário, em caso de um incêndio, de qualquer ponto da edificação até atingir a via pública ou espaço aberto, protegido do incêndio, em comunicação com o logradouro. 
4.5.1.2 Os acessos devem permanecer livres de quaisquer obstáculos, tais como móveis, divisórias móveis, locais para exposição de mercadorias, e outros, de forma permanente, mesmo quando o prédio esteja supostamente fora de uso. 


Prezados, infelizmente estas coisas acontecem e continuarão enquanto TODOS não se conscientizarem que residimos em "coletividade" e podemos ser prejudicados ou beneficiados conforme as atitudes de cada um. Infelizmente o condomínio não dispões de recursos para comprar e instalar "câmeras de vídeos" em todos os andares, porém, façamos uma pergunta a nós mesmos: "SERÁ PRECISO?" Vamos nos vigiar? Dentro da nossa própria casa? Senão podemos destruí-la.

Conforme o Art. 2.8, "A responsabilidade de remoção de entulho, a contratação de caçambas, ensacamento é responsabilidade do condômino".
Não cabe ao sindico educar e ensinar boas maneiras, não é responsabilidade dos funcionários do condomínio contratados para a limpeza, asseio e conservação recolher restos de móveis, entulhos e demais objetos deixados inadequadamente pelos moradores. 

Todavia, o episódio nos remete a determinadas iniciativas que visam a co-responsabilidade de todos quanto a fiscalização e preservação destes espaços.
O Sr. Nilton (Conselheiro) do Bloco 01, está tomando a iniciativa de formar um mutirão entre os moradores que desejarem ajudar para o recolhimento de todo e quaisquer objetos despejados em locais inadequados.
Importante frisar que os voluntários independem de blocos, TODOS os blocos podem e devem participar.
Infelizmente não temos como identificar os moradores que despejaram os objetos nas escadas mas aproveitamos o momento para reiterar o pedido de "bom senso" e "educação". 

OBS.  "AMBIENTE LIMPO NÃO É O QUE MAIS SE VARRE, MAS O QUE MENOS SE SUJA"

Att,
Administração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário